Ao descontinuar o sublime motor aspirado 6 cil. boxer do 911, será que a Porsche matou também a alma do carro?
“Não!”, afirma o engenheiro chefe, “e hoje você vai ter a prova disso”!

 

068-1

ESTAMOS DIANTE DE um momento épico, comparável em  importância à substituição do motor Porsche refrigerado a ar pelo refrigerado a água em 1997. Aquela mudança deveu-se muito mais a níveis de ruído, mas acabou influenciando diretamente a imagem do carro depois de 34 anos resfriados pelo vento. Mas o 911 sobreviveu, apesar da metamorfose no design do 996, que mais pareceu uma revolução do que uma evolução.

068-4Hoje, quando o modelo 991 ganha uma revisão de meia idade para 2016, a mudança invoca a eficiência – mais torque num motor biturbo menor, menor consumo, menores emissões. Se ruído foi o tema um dia, estes são os assuntos do momento. Todos os Porsche (menos o GT3) serão turbinados a partir de agora, portanto, é melhor nos acostumarmos a isso. Porém, as características únicas de dirigibilidade do 911, sua entrega de potência, seu ronco, são assuntos delicados. E claro, com a adição desse monte de coisas sobre o eixo traseiro do 911 é certo que ele ganhará a última coisa que precisa ali: mais peso.

068-2

Esta é a nossa primeira oportunidade de checarmos o caráter do novo 911, num teste que o exigirá a fundo, em companhia de August ‘Gustl’ Achleitner, engenheiro chefe do projeto. E ele não quer economizar… Voamos sobre a estrada como um tubarão disparando em busca de sua presa. Uma curva rápida com duas tangentes nos espera. Terceira marcha, freio, segunda, mais freio. Contornamos a curva suavemente e liberamos o torque gradualmente, quando – logo depois da segunda tangente – e traseira escapa! E o carro escorrega por dois, três segundos, num lindo sobresterço. “Peça para seu fotógrafo me mandar esta foto”, pede Achleitner, com seu tradicional humor sagaz…

068-3

LEIA MATÉRIA COMPLETA NA CAR 71! COMPRE ONLINE!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s