Chame de fofa, chame de cínica, mas a revolução da Porsche no 911 não passou de um ‘facelift’ de meia idade. Os puristas prendem o fôlego, mas o novo 911 turbo não. Nós o dirigimos.

031-1

CHAMAR DE ‘FACELIFT’ de meia idade o que fizeram no 911 é o mesmo que convidar o Sylvester Stallone para mais uma refilmagem de Rambo – certamente precisaria de uns retoques no bisturi. A mudança de seu motor 6 cil. aspirado para turbo, sem dúvida seria a maior intervenção para seu rejuvenescimento. Mudar de vida é uma coisa, arriscar a vida é outra. Esta é a primeira chance para checarmos o pulso do 911 no pós-operatório.

031-2

Nosso exemplar amarelo canário do Carrera S de teste merece um ponto de exclamação. Na verdade dois. Ele está com as maiores rodas disponíveis, 20 pol. com pneus 245/35 na frente e com exemplares de menor série ainda na traseira: Pirelli P Zero 305/30. Conta também com freios de cerâmica, rodas traseiras direcionais com barras estabilizadoras ativas, escapamento duplo, câmbio PDK de dupla embreagem e o pacote Sport Chrono inspirado nos videogames. Os bancos são esportivos e extremamente anatômicos – obrigatório estar em boa forma para sentar-se neles. Afivelei o cinto de segurança amarelo também, liguei o motor e selecionei o programa Normal de condução. Os seis mostradores circulares no painel ganharam vida. Estamos prontos.

031-4

A Porsche construiu seu primeiro motor turbo em 1974. Era o motor mediano para um 031-3carro mediano – preguiçoso, explosivo, melódico e ensurdecedor, dependendo do degrau em que se encontrava na escada dos giros. Quatro décadas depois, o motor foi sendo maturado a partir de um simples engenho muscular para uma sofisticada arma multitarefa que produz 414 cv, mesmo tendo sua cilindrada diminuída de 3.8 para 3.0 litros. Com 51 kgfm de torque disponíveis em baixos regimes e consumo 10% mais baixo, seria caso de amor à primeira pilotada? Sim e não. O lado esquerdo do cérebro é todo fogo e chamas pelos benefícios do progresso, o direito, no entanto, não está totalmente convencido. Alguns sons produzidos pelo novo motor são irritantemente diferentes – a forma com que começa a roncar não é mais espetacular como antes. Isso mudou o caráter do carro…

VEJA MATÉRIA COMPLETA NA CAR 75. JÁ NAS BANCAS E NA LOJA ONLINE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s