Muitos refinamentos estéticos, tecnológicos e de acabamento compõem o novo Trailblazer que chega ao mercado: ficou mais confortável e com melhor comportamento dinâmico

036-1

O SUV DA CHEVROLET passa por reestruturações e recebe uma série de aprimoramentos que devem melhorar sua imagem no mercado. Com participação discreta em um segmento inteiramente dominado pelo Toyota SW4, a General Motors apregoa 50 inovações no carro. Na versão 2017 o Trailblazer passou a adotar a identidade visual global da marca. As novidades concentraram-se na parte dianteira do veículo, que recebeu novo capô e alongamento da grade até os faróis, que também foram redesenhados e trazem um guia de luz em LED (DRL). O para-choque traz apêndices aerodinâmicos nas extremidades e uma espécie de peito de aço, no centro, logo abaixo da moldura da placa. Na lateral, destacam-se as novas rodas de alumínio de aro 18.

036-3

Mas a marca concentrou grande parte dos seus esforços em melhorar o conforto interior e o comportamento dinâmico do carro. O acabamento interno revisto, enquanto suspensão, direção e isolamento acústico da cabine subiram de nível, permitindo maior conforto para os até sete ocupantes. Em termos de itens de conveniência, conectividade e segurança, a empresa não economizou: Onstar, MyLink com Android Auto e Apple CarPlay, alertas de colisão e de saída de faixa, sensor de ponto cego, câmera de ré com alerta de movimentação traseira cruzado, sistema de monitoramento da pressão dos pneus e acionamento da ignição por controle remoto estão entre as novidades.

Se o modelo anterior tinha um interior mais simples, levando-se em consideração o preço do carro, o novo Trailblazer recebeu painel redesenhado e cluster que traz informações do computador de bordo, velocímetro digital e parâmetros de manutenção do veículo, além da nova função ECO. Também conta com controles eletrônicos de tração (TC) e de estabilidade (EPS) e os assistentes de partida em rampas (HSA) e de descida (HDC).

036-2

Disponível somente na versão LTZ, o Trailblazer traz ainda acendimento automático dos faróis, sensores de chuva e de estacionamento dianteiro, retrovisor central eletrocrômico e vidros laterais com mecanismo de abertura e fechamento por meio da chave. Suspensões e freios foram repensados, e novos coxins de suspensão e motor diminuíram vibrações e ruídos. Um grande avanço foi a adoção da direção elétrica, que aprimorou sensivelmente a dirigibilidade do veículo, principalmente em trechos urbanos. O sistema é dotado de tecnologias que compensam a inclinação da via em longos percursos e reduzem trepidações…

VEJA MATÉRIA COMPLETA NA CAR 75. JÁ NAS BANCAS E NA LOJA ONLINE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s