Felipe Massa anuncia fim de ciclo na F1 e nós só temos que agradecer

Felipe_1

Por: Alan Magalhães | Fotos: Luca Bassani

Chevrolet Challenge, 1998, Omegas eram os Stock Car e a categoria preliminar era a Fórmula Chevrolet, de onde saiu muita gente boa, como Thiago Medeiros, João Paulo de Oliveira, Cláudio Ricci, Valdeno Brito, Ricardo Zonta, Bruno Junqueira, Cristiano da Matta, entre muitos outros. E também um tal de Felipe Massa. Convidado para fazer as quatro últimas provas daquele ano pela Equipe RP Motorsport, acabou vencendo a última, numa temporada que coroou Medeiros como campeão. A parceria se manteve em 99 e o paulistano Massa se sagraria campeão brasileiro no ano seguinte. Era o início de uma carreira de sucesso, mas não menos sacrificada que a da maioria dos pilotos que sonham em chegar à Fórmula 1. Pouca gente sabe o quanto é difícil para se atingir o ápice em qualquer esporte. O automobilismo torna-se especialmente cruel, pois o equipamento necessário é caríssimo, exclusivo, e qualquer erro na escolha de um mero detalhe, pode decretar a diferença entre o sucesso e o fracasso. Muitos pilotos têm talento de sobra, mas ‘não chegam lá’, pois a quantidade de variáveis é enorme.

Felipe_3

Correndo sempre com dificuldades, Massa não tinha alternativas financeiras para prosseguir na necessária mudança para a Europa no ano posterior, mas decidiu encarar o desafio com o apoio familiar e do amigo Ricardo Tedeschi, dono da RP Motorsport e garimpeiro de talentos que já havia trabalhado com Rubens Barrichello também em início de carreira. Na base do ‘sem lenço e sem documento’, se mandaram para a Europa onde o destino seria a competitiva Fórmula Renault italiana, que costumava reunir mais de 50 carros por etapa. Tudo o que juntaram dava para pagar apenas as cinco primeiras corridas, depois disso, só incerteza. A primeira etapa seria disputada em Mugello, circuito que acabaria tendo grande importância na carreira de Felipe Massa. Venceu e repetiu a dose na etapa seguinte e fez o mesmo na corrida inaugural do europeu, na qual apenas participou porque a equipe decidiu bancar a compra de pneus extras. Foi a decisão certa! As vitórias deixaram todo mundo alerta em relação aquele brasileirinho tímido e arredio, além de renderem uma boa premiação que equilibrou as contas e garantiu sobrevida no velho continente. Com boa cobertura de TV, a Fórmula Renault ajudou bastante na divulgação e Massa aproveitou os holofotes: campeão nos dois certames, italiano e europeu. Um fato que não pode deixar de ser citado no meio disso tudo foi o prêmio dado por um patrocinador pela pole-position em Monza: 150 garrafas de cerveja Nastro Azzurro. Solução? Massa e Tedeschi foram batendo de porta em porta para vendê-las e fazerem algum dinheiro.

Felipe_2

Em 2001 o desafio seria a Fórmula 3000 europeia, um enorme sucesso na época. Massa venceu seis das oito corridas e sagrou-se campeão. O custo da temporada foi viabilizado num intrincado contrato de risco, com um patrocinador. O maior prêmio pelo título sem dúvida foi a assinatura de um contrato de oito anos com a Ferrari, que despertou o interesse da Sauber, que procurava um substituto para Kimi Räikkönen, que estava de malas prontas para a McLaren. Apesar de utilizar motores Ferrari, engana-se quem acredita que a Ferrari impôs Massa à Sauber. O acordo financeiro de fornecimento dos motores italianos à equipe suíça não se alteraria e se o brasileiro não convencesse Peter Sauber, teria que ficar como piloto de testes em Maranello, apenas. É aí que Mugello entra novamente na vida do brasileiro. Com resultados impressionantes nos treinos, Felipe asseguraria sua vaga na Sauber para 2002, ano de estreia na Fórmula 1.

Felipe_4

A estreia na F1 aconteceu quando Felipe Massa tinha apenas 20 anos e terminou aquele ano com quatro pontos, antes de começar a ser preparado pela Ferrari, onde atuou como piloto de testes em 2003, quando a dupla titular era formada por Michael Schumacher e Rubens Barrichello…

VEJA MATÉRIA COMPLETA NA CAR 76. JÁ NAS BANCAS E NA LOJA ONLINE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s