Saem de cena os problemáticos carros à diesel e entram os completamente elétricos. E rápido!

s1

A corrida à propulsão elétrica está apenas começando e o VW Group aproveitou o recente Salão de Xangai para mostrar três novos conceitos elétricos já prontos para entrar em produção já em 2018.

Ostentando emblemas Volkswagen, Skoda e Audi, os três têm estilo coupé/SUV, mas são carros diferentes. Três conceitos, dois métodos de execução, um objetivo: ter mais elétricos rodando por aí nos próximos cinco anos.

A Audi lidera a corrida e planeja oferecer seus e-tron já no início do próximo ano, enquanto VW e Skoda iniciarão suas campanhas para valer em 2020.

 

• 2018: Chega a versão de produção do Audi e-tron quattro, chamado de Q6

s3

Não se deixe enganar pelas similaridades entre o conceito Audi e-tron Sportback que você vê aqui e os conceitos da VW e Skoda que dividem a mesma página. Sua plataforma é a MLB Evo, utilizada no Q7 e no conceito e-tron quattro que vimos no Salão de Frankfurt em 2015. A VW e a Skoda, em contraste, utilizam a plataforma MEB.

Este e-tron inspirado no A7 mistura estilos de coupé, SUV e do Allroad. Ele é longo, largo e baixo como o Skoda e os carros-conceito da VW, além de ser mais luxuoso.

As quatro argolas destacadas, as setas e sinais projetados pelos faróis para chamar a atenção de pedestres viciados em smartphones, interior 2+2 que utiliza fibra de bambu, microfibra e pintura eletroluminescente.

Espere pela versão de produção já em 2018.

• 2019: Versão de produção do Audi e-tron Sportback; Skoda Superb plug-in lançado

s4

• 2020: Versões de produção dos elétricos VW ID; chega o compacto EV baseado na plataforma MEB e possivelmente o Vision E da Skodas2

O VW de faróis chamativos é o terceiro da linha de conceitos ID da marca. Chamado de ID Crozz, ele segue os passos do ID hatchback original e do ID Buzz inspirado no Microbus.

A Volkswagen diz que o ID Crozz (ilustrado acima e abaixo) é um coupé “pau para toda obra” para pessoas que exigem praticidade, mas não abrem mão do estilo. Assim como outros conceitos ID, há completos programas autônomos de condução nos quais o volante se retrai no painel.

Ele deverá ser capaz de percorrer até 500 km com uma carga com velocidade máxima de 180 km/h.

• 2025: Lançamento do sistema autônomo ID Pilot da VW. Empresa planeja venda de um milhão de carros elétricos

s5

 

A Skoda pegou um ID Buzz, retirou o emblema VW, colocou mais luzes e ângulos nele e: ‘voilà’: nasceu o Vision E. O EV tcheco se parece muito com o Vision S, que é o conceito que precedeu o Kodiaq.

Confuso? Calma – tudo o que você precisa saber é que o Vision E utiliza a mesma plataforma versátil MEB e o conjunto motriz do Crozz, parecendo-se com o Skoda e também capaz de ser totalmente autônomo.

Apesar de não ser segredo o intercâmbio de recursos do VW Group, o Vision E ganha importância por ser o primeiro elétrico da Skoda e por mostrar que a primazia destas tecnologias não ficará restrita aos modelos VW e Audi.

A versão de produção do Vision E não deverá ser o primeiro Skoda elétrico nas concessionárias. O ‘plug-in’ Superb entrará na linha em 2019…

VEJA MATÉRIA COMPLETA NA CAR 84. JÁ NAS BANCAS!

BAIXE O NOVO APP E LEVE UMA EDIÇÃO GRÁTIS! DISPONÍVEL PARA IOS E ANDROID.

OU COMPRE EM NOSSA LOJA ONLINE E RECEBA SUA CAR EM CASA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s