Car Magazine Car Magazine

Aston Martin apresenta novos (e estonteantes) Safety e Medical Cars da F1

Safety Car tem como base o modelo Vantage, enquanto o Medical Car utilizará o DBX, ambos incrementados para alta performance.

RaceCar

A Aston Martin encerrou com estilo o jejum de 60 anos longe da F1: além de apresentar sua nova equipe, a marca também passará a alternar com a Mercedes-Benz no comando dos Safety e Medical Cars da categoria.

A abertura para a entrada da Aston em uma área que a Mercedes domina há quase 25 anos tem lógica: a montadora alemã tem parte da marca inglesa, recentemente aumentando para 20% sua participação e fornecendo à Aston sua vasta tecnologia.

Para o Safety Car, a Aston selecionou o modelo Vantage e teve diversas melhoras aerodinâmicas e no chassi para esta nova função: o motor 4.0 twin turbo V8 ganhou 24 cavalos e passa a ter 528hp, indo de 0 a 100 em 3s5. Um novo spoiler dianteiro aumentou a pressão aerodinâmica para 155,6 kg a 200 km/h, um ganho superior a 60 kg em relação ao modelo de produção.

Dentro do carro, dois monitores passam todas as informações da corrida, como imagens e posicionamento de cada um dos carros na pista, além do Marshalling System, que indica qual bandeira está sendo exibida em cada posto de sinalização.

Já o Medical Car será o primeiro SUV da Aston, o modelo DBX. Esse é aquele carro que, junto do Safety Car, fica atrás do grid na hora da largada e dá a volta de abertura seguindo o pelotão, entrando na pista quando for necessário. É nesse carro que estarão o piloto Alan van der Merwe e o Dr. Ian Roberts, que resgataram Romain Grosjean do horrível acidente no Bahrein.

Com o motor 4.0 twin turbo V8 similar ao do Vantage, ele fornece 542 hp, indo de 0 a 100 em 4s3 e alcançando uma velocidade máxima de 291 km/h. É um carro que leva muitos equipamentos, como equipamentos médicos, extintores e possui a mesma tecnologia embarcada do Safety Car.

Ambos os carros passaram por muitos testes de segurança, como pilotagem agressiva e desempenho em alta velocidade no circuito de Silverstone, cumprindo 15 mil quilômetros na pista e em um dinamômetro instalado em uma câmara climática para garantir que os carros performem em qualquer condição.

Car Magazine Car Magazine