Car Magazine Car Magazine

Audi Q7 tem início de pré-venda

Maior SUV da marca, e o único com sete lugares, chega com o novo design exterior e interior. Carregamento sem fio para celular e park assist estão entre as novidades do modelo

Car

O novo Q7 passou por reformulações externas e internas apresentando, agora, o novo design da família Q, com a grade frontal Singleframe octogonal. Faróis de LED Matrix, tecnologia de assistência elétrica e park assist são algumas das novidades do carro que chega às concessionárias em duas versões: Q7 3.0 TFSI (a partir de R$ 414.990) e S line (que parte de R$ 459.990) na modalidade venda direta. O Q7 é o maior SUV da marca com 5.063 mm de comprimento, 2.994 mm de entre-eixos, 2.212 mm de largura e 1.741 mm de altura. Seu peso é de 2.275 kg.

O Q7 tem motor de 3,0 litros TFSI, que desenvolve 340 cv de potência e torque de 51 kgfm, além de acelerar de 0 a 100km/h em 5,9 segundos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h. Completam o powertrain a transmissão automática tiptronic de oito velocidades e a tração quattro. Ele conta com sete modos de condução no Audi drive select: dynamic, comfort, efficiency, auto, individual, allroad e offroad, que ajustam algumas características do veículo para que ele se adapte a qualquer tipo de situação – desde os urbanos até os fora-de-estrada.

Na traseira a faixa cromada cria a conexão visual entre as lanternas

O cockpit incorpora duas grandes telas sensíveis ao toque. O display superior com tela de 10,1 polegadas é usado para controlar os sistemas de entretenimento e navegação. A tela inferior possui 8,6 polegadas e permite o gerenciamento do ar-condicionado e outras funções de conforto. Há ainda o Audi virtual cockpit, com tela de alta resolução de 12,3 polegadas que pode ser alternada entre duas visualizações – clássica e de navegação.

Ele também é mais eficiente graças à nova tecnologia de assistência elétrica, composta por uma bateria de íons de lítio e um alternador de correia em um sistema elétrico primário de 48 volts. O veículo pode se deslocar em velocidades entre 55 e 160 km/h com o motor desligado e, em seguida, o alternador de correia reinicia o propulsor de forma rápida e confortável. Há ainda o sistema start-stop, que desativa o motor a partir de 22 km/h e tem como principal objetivo a redução na emissão de CO2.

O cockpit incorpora duas grandes telas sensíveis ao toque

Car Magazine Car Magazine