Car Magazine Car Magazine

Conversível, e só com tração traseira

Para quem gosta de diversão não pode haver carro mais instigante de ser dirigido. Imagine acelerar esse canhão com a capota abaixada

Car

A Automobili Lamborghini acaba de revelar o novo Spyder Huracán EVO RWD — Rear Wheel Drive. Agora, o novo modelo V10 somente com tração traseira coloca em cheque a habilidade do motorista, além de proporcionar lugar na primeira fila para apreciar a sinfonia inimitável produzida pelos seus 10 cilindros. O modelo agora conta com quatro versões — Evo cupê e Evo Spider com tração integral, e Evo cupê e Evo Spider com tração traseira.

Mecanicamente o Huracán Evo RWD Spyder usa a mesma motorização dos demais modelos, o fantástico V10 de 5,2 litros que desenvolve 610 cv potência e 57,1 kgfm de torque. A ele está acoplado um câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas, que colabora para que ele acelere de 0 a 100 km/h em apenas 3,5 segundos (0 a 200 km/h em 9,6 segundos), e atinja a velocidade máxima de 324 km/h.

Conversível

A capota de tecido, controlada eletronicamente, pode ser recolhida em até 17 segundos

Com toda essa potência, em comparação com o Evo RWD cupê, ele é apenas 0,2 s mais lento na aceleração e 1 km/h na velocidade máxima. O EVO RWD Spyder é um carro projetado para motoristas experientes, voltado para satisfazer os que gostam de colocar à prova sua habilidade ao volante, ainda que venha com um controle de tração P-TCS compatível com sua esportividade.

O EVO RWD Spyder vem com uma capota de tecido, controlada eletronicamente, que pode ser recolhida em até 17 segundos com o carro em velocidades de até 50 km/h. O teto pode vir em várias cores, para fazer a combinação desejada com a cor da carroceria. Os freios são de aço, ventilados, e as rodas têm aro de 19 ” calçadas com pneus Pirelli P Zero. Opcionalmente ele pode vir com rodas de 20” e freios de carbono cerâmica.

Huracán

No interior, o mesmo material de acabamento e equipamentos dos demais Huracán

A Lamborghini usou materiais leves como o alumínio e a fibra de carbono no chassi e na estrutura do teto para que ele continuasse leve (1.509 kg), além de proporcionar uma relação peso/potência de 2,47 kg/cv. A distribuição de peso entre os eixos dianteiro/traseiro fica em 40/60. No interior o Evo RED Spider tem a mesma cabine, materiais de acabamento e equipamentos dos demais, incluindo uma central multimídia com tela de 8,4″ compatível com Apple CarPlay.



Car Magazine Car Magazine