Car Magazine Car Magazine

Drugovich vence em sua segunda corrida na Fórmula 2

Paranaense largou da pole e liderou todas as voltas no Red Bull Ring, fechando a etapa em terceiro na tabela. Piquet e Samaia têm desempenho discreto.

RaceCar

O hino brasileiro tocou no alto do pódio na manhã deste domingo na Fórmula 2. Felipe Drugovich venceu de ponta a ponta a corrida complementar da rodada dupla, transformando-se no principal destaque da rodada de abertura da temporada da categoria de acesso à F1.

Valendo-se do regulamento, que determina a inversão da ordem de chegada entre os oito primeiros da corrida do sábado, Drugovich largou na pole position, fez uma boa largada e manteve-se na ponta, liderando um pelotão que trazia o suíço Louis Deletraz na segunda posição.

As primeiras voltas da prova foram marcadas por três entradas do safety car, o que não abalou o brasileiro da equipe holandesa MP Motorsport, que não cometeu erros e marcou a melhor volta da prova diversas vezes, sempre abrindo vantagem sobre Deletraz. O competidor de Maringá (PR) recebeu a bandeirada com uma vantagem de 2,469 segundos na bandeirada para conquistar uma vitória maiúscula em sua rodada de estreia na Fórmula 2.

TERCEIRO LUGAR NO CAMPEONATO

O 8º lugar obtido no sábado, a vitória e os pontos obtidos por ter estabelecido a melhor volta da prova deram a Felipe Drugovich o terceiro lugar na classificação do campeonato, com 21 pontos. O inglês Callum Illot, vencedor da prova no sábado, e o russo Robert Shwartzmann são os dois primeiros colocados, respectivamente com 27 e 23 pontos.

“Extremamente feliz não chega nem perto de como estou me sentindo hoje”, resumiu o piloto brasileiro, de 20 anos de idade. “Desde ontem (sábado) o carro já mostrava boa performance, mas um erro no balanço do carro não nos deixou traduzir isso na pista. Os pneus são muito sensíveis e se não tivermos um bom balanço fica difícil manter um bom ritmo. Corrigimos isso para hoje e então consegui comandar a corrida de acordo com os meus sonhos, digamos assim”, completou Felipe Drugovich.

A necessidade da direção de prova em utilizar o safety car várias vezes atrapalhou um pouco a estratégia de Felipe Drugovich. “Foram vários e eu sempre tentei estabelecer uma diferença de 1 segundo para o Deletraz para que ele não pudesse utilizar do DRS, que é muito importante para todos os pilotos. Quando finalmente eu consegui, pude ficar mais tranquilo e abrir essa boa vantagem na última parte da prova”, finalizou.

SAMAIA DESTACA APRENDIZADO

“Aprendi muito durante este final de semana. Cometi alguns erros, fui cauteloso em alguns momentos em relação aos pneus, mas aos poucos fui entendendo a categoria e seus procedimentos. Não foi a estreia que eu gostaria, mas o objetivo foi cumprido, que era terminar as duas corridas. A curva só tende a subir, cada vez mais entendendo e melhorando em alguns pontos e desenvolvendo outras”, destacou Guilherme.

O piloto, ciente dos desafios e do aprendizado à sua frente, tratou de tentar superar os obstáculos e em alguns momentos evitou riscos para cumprir seu objetivo. Da corrida do sábado (4) para a deste domingo (5), já pôde aplicar um pouco da experiência adquirida – principalmente na largada. “No domingo fiz uma largada melhor, mas não consegui espaço na primeira curva e cheguei a sair da pista, perdendo velocidade”, narrou. “Os momentos iniciais das corridas são fundamentais na questão dos pneus, porque acabei sendo até um pouco conservador pensando em não degradá-los muito e ter um desempenho uniforme da borracha durante a prova toda, e depois percebi que dava para forçar o ritmo um pouco mais; no final eu estava mais rápido que o grupo de pilotos imediatamente à minha frente, mas já não havia muito o que fazer”, lembrou o piloto da Campos.

“O principal é entender melhor os pneus e suas variações, e acho que daqui para a frente a tendência é melhorar – ainda mais porque já correremos de novo no próximo final de semana e na mesma pista, e isso é muito bom para continuar crescendo”, concluiu.

Já Pedro Piquet completou a prova final da rodada dupla em 13°. “Primeiro final de semana da temporada completado. Infelizmente, não começamos muito bem, mas vamos trabalhar para melhorar nosso desempenho na prova da próxima semana”, explicou Pedro.

A Fórmula 2 volta à pista no próximo final de semana, novamente como preliminar da Fórmula 1 e outra vez no Autódromo Red Bull Ring, para sua segunda rodada dupla da temporada. Confira abaixo o momento da bandeirada deste domingo e o resultado completo:

RESULTADO FINAL

POS DRIVER EQUIPE DIFERENÇA
1 Felipe Drugovich MP Motorsport 28 voltas em 42m05.526s
2 Louis Deletraz Charouz Racing System a 2.469s
3 Dan Ticktum DAMS a 2.790s
4 Robert Shwartzman Prema Racing a 3.330s
5 Christian Lundgaard ART Grand Prix a 5.396s
6 Nobuharu Matsushita MP Motorsport a 9.177s
7 Mick Schumacher Prema Racing a 9.741s
8 Jack Aitken Campos Racing a 14.041s
9 Callum Ilott UNI-Virtuosi a 14.272s
10 Nikita Mazepin Hitech Grand Prix a 15.395s
11 Yuki Tsunoda Carlin a 17.528s
12 Roy Nissany Trident a 18.471s
13 Pedro Piquet Charouz Racing System a 19.118s
14 Guanyu Zhou UNI-Virtuosi a 19.668s
15 Guilherme Samaia Campos Racing a 22.082s
16 Jehan Daruvala Carlin a 24.290s
17 Marino Sato Trident a 24.909s
18 Artem Markelov BWT HWA RACELAB a 1 volta
Marcus Armstrong ART Grand Prix abandono
Luca Ghiotto Hitech Grand Prix abandono
Sean Gelael DAMS abandono
Giuliano Alesi BWT HWA RACELAB abandono

GALERIA DE FOTOS

Car Magazine Car Magazine