Car Magazine Car Magazine

F1 cancela provas em Azerbaijão, Cingapura e Suzuka

Baku e Cingapura são canceladas pela logística de corridas de rua, já o Japão é pelas restrições de viagens locais e ficará fora pela primeira vez desde 87.

RaceCar

Após o anúncio no início deste mês confirmando as oito primeiras corridas do calendário, a Fórmula 1 está trabalhando para buscar finalizar as datas restantes da temporada.

“Estamos confiantes de que nosso plano de ter entre 15 a 18 corridas se conclua em Abu Dhabi no meio de dezembro e esperamos publicar o calendário finalizado antes de iniciarmos nossa temporada na Áustria”, informou um comunicado emitido pela categoria nesta semana.

“Como parte das discussões para finalizar nosso calendário, seguimos mantendo diálogos muito próximos com promotores e autoridades, além de continuar a monitorar os desenvolvimentos da COVID-19 em cada um desses países. E tudo o que fizermos será para garantir a segurança da comunidade da F1 e das que visitaremos”, continua.

Por conta disso, desses desafios apresentados pela COVID-19, a categoria anunciou o cancelamento de mais três etapas para 2020: Azerbaijão, no circuito de rua de Baku; Cingapura, nas ruas de Marina Bay; e Japão, no tradicional circuito de Suzuka, que ficará fora do calendário pela primeira vez desde 2007-2008, quando a F1 correu em Fuji – o GP, por sua vez, não acontecerá pela primeira vez desde 1987.

“Em Cingapura e no Azerbaijão, o longo prazo exigido para construir um circuito de rua complica a realização de eventos assim em tempos de incerteza e, no Japão, as restrições locais de viagens nos fez tomar a decisão de não seguir com a prova. Ao mesmo tempo, progredimos significantemente com os atuais e novos promotores e nos sentimos encorajados pelo interesse mostrado por novos locais em receber provas da F1 em 2020”, explica a categoria.

Por fim, a F1 afirmou ter planos de segurança robustos e detalhados prontos para garantir o início da temporada de forma mais segura possível.

Car Magazine Car Magazine