Car Magazine Car Magazine

F1 retoma o espetáculo com um GP da Áustria movimentado e vitória maiúscula de Bottas

Finlandês lidera de ponta-a-ponta e vê Hamilton levar punição que o tirou do pódio, para sorte de Leclerc e Norris. Verstappen abandona.

RaceCar

A Fórmula 1 cumpriu seu papel como esporte neste período de pandemia, mesmo sem público no autódromo: entregou no Red Bull Ring um grande espetáculo para as centenas de milhões de pessoas que acompanharam de casa.

Confira abaixo o resumo da prova antes de seguir a leitura:

Valtteri Bottas venceu de ponta-a-ponta o GP da Áustria, que contou com três intervenções do safety car e, como consequência, ótimas disputas, principalmente nas voltas finais. Além do ótimo ritmo e velocidade, Bottas contou com o rival e companheiro de equipe Lewis Hamilton em um fim de semana atípico, onde punições tanto na classificação quanto na corrida facilitaram a vida do piloto do carro 77.

Após ter perdido posições no grid por ter atrapalhado outros pilotos na classificação, Hamilton teve cinco segundos acrescidos em seu tempo final de volta por ter bloqueado, tocado e provocado a rodada de Alex Albon, da Red Bull, na disputa pelo segundo lugar.

Esses cinco segundos custaram caro para o britânico, que perdeu o segundo lugar para Charles Leclerc, da Ferrari, e o terceiro para Lando Norris, da McLaren, dois grandes destaques do fim de semana – além do primeiro pódio, Norris também fez sua primeira melhor volta e ganhou um ponto extra na classificação. Veja essa volta no vídeo abaixo:

A corrida foi marcada por algo que há pouco tempo atrás acontecia com baixa frequência: muitas quebras. Nada menos que nove pilotos tiveram problemas em seus equipamentos – algo assim acontece geralmente em testes de pré-temporada.

Foram três falhas por conta da unidade de potência e duas por freios, entre outros defeitos como pressão de combustível e superaquecimento. Até os carros da Mercedes acenderam o botão de alerta durante a disputa, com os engenheiros comunicando os pilotos sobre a possibilidade de problemas.

Uma dessas vítimas foi Max Verstappen, que vencera o GP da Áustria nos dois últimos anos. A equipe Red Bull, que corria em casa, mostrou força na corrida, mas acabou fora com seus dois carros – a batida de Hamilton em Albon custou caro para o tailandês. Mais um toque com o piloto da Mercedes e ele pode pedir música no Fantástico (a primeira foi no Brasil e também valendo o segundo lugar, com Albon levando a pior e Hamilton ganhando punição).

Carlos Sainz colocou a segunda McLaren entre os cinco primeiros, algo que não acontecia faz tempo na tradicional equipe britânica. Sergio Perez deu à Racing Point seus primeiros pontos, com Pierre Gasly colocando a rebatizada Alpha Tauri em sétimo, à frente de Esteban Ocon, da Renault, Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, e… Sebastian Vettel, da Ferrari.

O alemão, fora da Ferrari e sem vaga para 2021, mal foi notado durante a corrida, reclamando bastante da perda de ritmo e vendo seu companheiro de equipe somar mais um pódio, assumindo de vez o papel de protagonista da escuderia italiana. Ele só terminou à frente da Williams de Nicholas Latifi, o último entre os 11 pilotos que completaram a corrida em solo austríaco.

Confira a reação dos pilotos após a corrida (em inglês), no vídeo abaixo:

“Tive bastante pressão durante a corrida. Tivemos de cuidar do carro e nos manter afastados das zebras. Estamos também liderando o campeonato das equipes, então é um bom começo do ano. Lewis queria estar na liderança, hoje foi rápido, mas consegui mantê-lo atrás de mim e sob controle. Uma temporada não podia começar melhor do que esta para mim”, analisou o vencedor Bottas.

“Eu não esperava isto. É uma grande surpresa, mas é uma boa surpresa. Penso que hoje fizemos tudo bem para sermos honestos. Claro que tivemos alguma sorte com a punição de Lewis Hamilton e algumas quebras aqui e ali. Mas isso faz parte das corridas. Esse era o objetivo de chegar à frente, embora a nossa velocidade não fosse suficientemente boa para o segundo lugar”, comentou Leclerc.

“Quando passei Perez, sabia que Hamilton tinha uma punição de tempo de cinco segundos, mas nada além disso. Toda vez que chegava perto de outros carros, entrava em problemas com os caras atrás de mim. Por isso, tive que ultrapassar ele rapidamente e então ficou claro que Lewis também recebeu uma punição. Comecei a pressionar para diminuir a diferença. Estou aqui agora e estou muito feliz por estar aqui”, disse Norris, o terceiro.

“Você sempre corre um risco ultrapassando por fora, mas eu dei o máximo de espaço possível para Hamilton. Já estava no limite”, reclamou Albon, sobre o incidente com o atual campeão. “Foi um cenário realmente infeliz com Alex. Foi inacreditável que nos tocamos novamente e realmente senti como um incidente de corrida. Mas de qualquer forma, vou tomar a punição que eles acham que mereço e vamos em frente”, rebateu Hamilton

A Fórmula 1 retorna às pistas no próximo fim de semana também no Red Bull Ring, com o GP da Styria, em homenagem à região onde fica localizada o autódromo.

RESULTADO FINAL

POS PILOTO EQUIPE DIFERENÇA
1 Valtteri Bottas Mercedes 71 voltas em 1h30m55.739s
2 Charles Leclerc Ferrari a 2.700s
3 Lando Norris McLaren/Renault a 5.491s
4 Lewis Hamilton Mercedes a 5.689s
5 Carlos Sainz Jr. McLaren/Renault a 8.903s
6 Sergio Perez Racing Point/Mercedes a 15.092s
7 Pierre Gasly AlphaTauri/Honda a 16.682s
8 Esteban Ocon Renault a 17.456s
9 Antonio Giovinazzi Alfa Romeo/Ferrari a 21.146s
10 Sebastian Vettel Ferrari a 24.545s
11 Nicholas Latifi Williams/Mercedes a 31.650s
12 Daniil Kvyat AlphaTauri/Honda suspensão
13 Alexander Albon Red Bull/Honda unidade de potência
Kimi Raikkonen Alfa Romeo/Ferrari roda solta
George Russell Williams/Mercedes pressão de combustível
Romain Grosjean Haas/Ferrari freios
Kevin Magnussen Haas/Ferrari freios
Lance Stroll Racing Point/Mercedes unidade de potência
Daniel Ricciardo Renault superaquecimento
Max Verstappen Red Bull/Honda unidade de potência

CLASSIFICAÇÃO DE PILOTOS

POS PILOTO PONTOS
1 Valtteri Bottas 25
2 Charles Leclerc 18
3 Lando Norris 16
4 Lewis Hamilton 12
5 Carlos Sainz Jr. 10
6 Sergio Perez 8
7 Pierre Gasly 6
8 Esteban Ocon 4
9 Antonio Giovinazzi 2
10 Sebastian Vettel 1
11 Nicholas Latifi 0
12 Daniil Kvyat 0
13 Alexander Albon 0

CAMPEONATO DE EQUIPES

POS EQUIPE PONTOS
1 Mercedes 37
2 McLaren/Renault 26
3 Ferrari 19
4 Racing Point/Mercedes 8
5 AlphaTauri/Honda 6
6 Renault 4
7 Alfa Romeo/Ferrari 2
8 Williams/Mercedes 0
9 Red Bull/Honda 0

ESTATÍSTICAS

• Margem de vitória: 2.700s
• Pilotos na volta do vencedor: 11
• Líderes: 1 (Bottas)
• Velocidade Máxima: 338.7 km/h (Albon)
• Períodos de Safety Car: 3 (15 voltas)
• Pit stops: 25

GALERIA DE FOTOS

Car Magazine Car Magazine