Car Magazine Car Magazine

Favoritismo confirmado: Hamilton faz segunda pole em três corridas

Flechas Negras dominam primeira fila com facilidade, tendo Stroll e Pérez como destaques na segunda fila a bordo das "Mercedes Rosa" da Racing Point.

RaceCar

Lewis Hamilton obteve neste sábado com certo favoritismo a 90ª pole de sua carreira no GP da Hungria, com direito a quebra de recorde da pista e dobradinha da equipe Mercedes, com um décimo de vantagem para seu parceiro e atual líder do campeonato, Valtteri Bottas.

O tempo de 1min13s447 fez Hamilton alcançar Michael Schumacher no maior número de poles na pista do Hungaroring: sete – um número impressionante, tanto quanto a segunda fila formada somente por carros da Racing Point, com Lance Stroll à frente de Sergio Perez a bordo da “Mercedes Rosa”. No entanto, ambos ficaram quase um segundo atrás do melhor tempo.

Atrás da Racing Point vieram as duas Ferrari, com Sebastian Vettel superando Charles Leclerc por apenas 0s047, mas ambos ficando 1s3 atrás da Mercedes. Já a decepção da sessão foi a Red Bull, com Max Verstappen em sétimo e Alexander Albon apenas em 13º.

As McLaren de Lando Norris e Carlos Sainz, além da AlphaTauri de Pierre Gasly, completaram a lista dos dez primeiros. Entre os eliminados, Daniel Ricciardo voltou a bater na trave do Q3 com o 11º lugar.

Já as duas Williams passaram para o Q2, com George Russell em 12 e Nicholas Latifi em 15°. O ponto baixo foi a última posição no grid de largada para Kimi Raikkonen, campeão mundial de 2007, ficando mais de um décimo atrás do parceiro Antonio Giovinazzi, que sai ao seu lado na última fila exclusiva da Alfa Romeo.

O GP da Hungria acontece a partir das 10h10 (de Brasília), com transmissão ao vivo da Rede Globo e da BandNews FM. Confira abaixo o que os pilotos disseram, alguns pontos para você prestar atenção durante a corrida e o grid de largada completo.

O QUE ELES DISSERAM

“Loucura! Preciso me beliscar, a ficha não cai. Incrível. Estou honrado por trabalhar com esse grupo de pessoas. Valtteri [Bottas] não deixa nem um pouco fácil para mim. Exige minha perfeição. Definitivamente, o carro não está nos trilhos, mas talvez pareça assim pela comparação aos outros. Precisamos trabalhar hoje à noite. O caminho é longo até a curva um amanhã. Trabalharei duro para trazer a dobradinha para a equipe”, comentou Hamilton.

“Eu vi no TL3 que ficaria próximo do Lewis, pelo menos. Parece que estamos em outro nível, muito na frente dos adversários. Minhas voltas foram decentes, mas eu poderia ter sido mais rápido”, afirmou Bottas.

“Estou muito feliz neste momento. O carro esteve forte durante toda a classificação, durante o fim de semana inteiro, na verdade. É só encaixar tudo”, comemorou Stroll.

“Da minha parte, muitas coisas aconteceram. Não me senti 100% durante a classificação. Por algum motivo, comecei a sentir tonturas durante a sessão, então preciso checar com meu fisioterapeuta o que está acontecendo e espero que esteja tudo bem para amanhã”, ressaltou Pérez.

“Estamos muito mais próximos dos carros ao nosso redor. Precisamos ter certeza de que isso pode continuar. O pessoal na frente larga de pneus médios e quem está atrás sai com os macios… Você sempre pode sonhar se os seus sonhos forem realistas. Não temos ritmo para dominar ou vencer por nós mesmos. Creio que será uma corrida interessante amanhã, o clima pode desempenhar um papel interessante”, analisou Vettel.

“Nosso ritmo de corrida é um pouco melhor que o de classificação, então espero que possamos marcar bons pontos para a equipe amanhã. Foi um treino difícil para mim, eu tive dificuldades. No momento, temos problemas nas retas e somos mais velozes nas curvas, o que nos deixa mais competitivos neste fim de semana. Depois temos de ver se tiramos um pouco de arrasto do carro para sermos mais rápidos nas retas”, destacou Leclerc.

“Não sei o motivo, mas alguma coisa claramente não está funcionando na comparação com o ano passado. O fim de semana todo está sendo complicado, é difícil de entender. Tentamos muitas coisas, mas o carro ainda não funciona. Então, claro que foi uma classificação decepcionante.Vou tentar fazer o melhor e ver onde podemos ir, mas é bem difícil ultrapassar aqui”, lamentou Verstappen.

“Estamos enfrentando uma serie de desafios, mas não acho que vamos conseguir fazer um grande favor para nós mesmos aqui. Temos que trabalhar em tudo e melhorar em todas as áreas, além de evoluir a velocidade ao mesmo tempo, então temos bastante trabalho pela frente”, completou Raikkonen.

FIQUE DE OLHO PARA AMANHÃ

– Clima: hoje o dia foi fresco e nublado com 20ºC de temperatura ambiente e 26ºC na pista durante a classificação.

– Estratégias: Mercedes, Racing Point e Renault iniciaram o Q2 com pneus médios, com as duas primeiras marcando seus melhores tempos com este composto – porém, a Racing Point usou dois jogos, contra um da Mercedes. Ambas largarão com este pneus, teoricamente meio segundo mais lento que o composto macio, mas com vida mais longa e baixa degradação (o que poderá valer muito se o domingo for mais quente).

A estratégia mais veloz para a prova é a de uma parada, como já foi o caso no passado. O melhor cenário é largar com os médios, parar entre as voltas 35 e 40, colocar os pneus macios e ir até o fim. A segunda estratégia mais veloz é uma de duas paradas, com dois stints iniciais de 21 a 25 voltas com os macios e o último, de 20 a 28 voltas, com os médios.

– Velocidade: o recorde da pista foi quebrado antes do fim da classificação, apesar das condições de pistas não favoráveis. A pole foi mais de um segundo abaixo da feita no ano passado pelo próprio Lewis Hamilton.

– Em pista seca, Hamilton foi o melhor com os três compostos; na chuva, Vettel liderou.

GRID DE LARGADA

1 Lewis Hamilton Mercedes 1:13.447
2 Valtteri Bottas Mercedes 1:13.554
3 Lance Stroll Racing Point/Mercedes 1:14.377
4 Sergio Pérez Racing Point/Mercedes 1:14.545
5 Sebastian Vettel Ferrari 1:14.774
6 Charles Leclerc Ferrari 1:14.817
7 Max Verstappen Red Bull/Honda 1:14.849
8 Lando Norris McLaren/Renault 1:14.966
9 Carlos Sainz McLaren/Renault 1:15.027
10 Pierre Gasly AlphaTauri/Honda 1:15.508
11 Daniel Ricciardo Renault 1:15.661
12 George Russell Williams/Mercedes 1:15.698
13 Alexander Albon Red Bull/Honda 1:15.715
14 Esteban Ocon Renault 1:15.742
15 Nicholas Latifi Williams/Mercedes 1:16.544
16 Kevin Magnussen Haas/Ferrari 1:16.152
17 Daniil Kvyat AlphaTauri/Honda 1:16.204
18 Romain Grosjean Haas/Ferrari 1:16.407
19 Antonio Giovinazzi Alfa Romeo/Ferrari 1:16.506
20 Kimi Räikkönen Alfa Romeo/Ferrari 1:16.614

O SÁBADO EM IMAGENS

Car Magazine Car Magazine