Car Magazine Car Magazine

Fiat Strada se reinventa

Tarefa difícil, a da Fiat, de reformular totalmente um carro que vinha sendo líder de mercado na categoria há 20 anos. Ela conseguiu

Car

A nova linha Strada trouxe muitas inovações para a categoria, principalmente a cabine dupla com quatro portas. Mas há muito mais que isso. O uso da nova plataforma MPP, dedicada exclusivamente ao desenvolvimento da nova picape, permitiu 10% a mais em rigidez torcional, e garantiu maior segurança e integridade ao habitáculo. Também foi possível abrigar novas suspensões dianteira e traseira pensando na melhoria do conforto e da dirigibilidade da picape. Foram adotadas novas molas, amortecedores, geometria, travessa de suspensão e barra estabilizadora na dianteira, e novo eixo traseiro.

Sua mobilidade em terrenos de difícil acesso melhorou em função da maior altura do solo (214 mm), e dos ângulos de entrada (24°) e saída de obstáculos (28°). Além disso, o posicionamento da suspensão traseira permitiu maior vão de carga na caçamba (1.059 mm), entre as torres, o que facilita a acomodação de grandes volumes. São 844 litros na cabine dupla e 1.354 litros na Cabine Plus – simples. A capacidade varia de 650 kg na versão para cinco ocupantes, para até 720 kg na versão com cabine simples. A tampa traseira teve seu peso reduzido em 60% com a adoção de um novo sistema de mola sem perder robustez, já que suporta cargas de até 400 kg.

A capacidade de carga varia de 650 quilos (cabine dupla) até 720 quilos (cabine simples)

Com design levemente inspirado nos elementos da Toro o modelo tem identidade própria. A frente elevada destaca os faróis de LED afilados com luzes DRL (Daytime Running Light). A linha de cintura ascendente evidencia as caixas de rodas quadradas, na traseira, as lanternas também são de LED.

A Strada recebeu, entre outros recursos, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa e controle de tração E-Locker (TC+). O sistema, voltado para situações de off-road leve, auxilia quando o veículo se encontra em terreno escorregadio com as rodas patinando. Ao acionar a tecla TC+, ele transfere mais torque para a roda que tem mais aderência para vencer obstáculos. A função é desativada automaticamente a partir de 65 km/h.

Banco traseiro para três passageiros

O mesmo TC+ ativa o ABS Off-Road, que melhora o comportamento de frenagem do carro quando é necessário o acionamento do ABS em superfícies irregulares (areia, terra, brita, neve). Ele provoca o travamento da roda por breves instantes, formando “cunhas” de material na frente da roda.

Com relação às motorizações, a versão Endurance (de entrada) vem com o quatro-cilindros de 1,4 litro, que gera potência de 88 cv a 5.750 rpm (etanol) e 85 cv a 5.750 rpm (gasolina). Seu torque é de 12,4 kgfm com gasolina e 12,5 kgfm com etanol, ambos a 3.500 rpm. Os modelos Freedom (intermediário) e Volcano (topo de linha e só com cabine dupla) vêm com o quatro-cilindros de 1,3 litro que desenvolve 101 cv a 6.000 rpm e torque de 13,7 kgfm (gasolina) e 109 cv a 6.250 rpm e torque de 14,2 kgfm (etanol). Câmbio, só o manual de cinco marchas.

Somente as versões Freedom e Volcano vêm com o motor 1.3 que desenvolve 109 cv com etanol

Interessante ver que os modelos mais baratos (Endurance), tanto nas versões com cabine simples quanto com cabine dupla, têm o motor mais fraco. Nos parece que os 21 cv a mais e o torque de 1,7 kgfm que o motor de 1,3 litro tem de vantagem, quando abastecido com etanol, farão falta nos modelos de entrada. Quanto a capacidade de carga, ela varia de 650 quilos (cabine dupla) até 720 quilos (cabine simples). A versão Endurance é o modelo de entrada da nova linha Strada, mas a Fiat vai manter em produção, por tempo ilimitado, a best seller Hard Working, com carroceria antiga.

A partir da versão Freedom, a Strada vem com direção com assistência elétrica, sensor de pressão dos pneus, volante multifuncional, retrovisores elétricos, quadro 3,5” de TFT, capota marítima e rodas de liga leve. A picape também conta com a nova central multimídia Uconnect 7”. Com tela sensível ao toque de sete polegadas, traz recursos como Apple CarPlay e Android Auto com projeção sem fio (wireless). É possível parear até dois smartphones. O sistema foi desenvolvido pela FCA no Brasil e tem as funções: navegação via Waze e Google Maps; música (Streaming | MP3); reconhecimento de voz (Siri | Google Voice); além de SMS e WhatsApp e integração com calendário. A tela é personalizável e exibe controle de todas as funções do veículo.

Nova central multimídia Uconnect 7 de sete polegadas

Com relação aos opcionais, a Strada só dispõe de pacotes. A versão Endurance tem a sua disposição três diferentes opções: Pack Worker (R$ 2.500) tem alarme, travas e vidros elétricos, break light, fechadura elétrica na caçamba, comando elétrico na tampa do combustível e banco do motorista com ajuste de altura; Pack Audio (R$ 1.500) tem rádio, alto-falantes, porta USB frontal e volante multifuncional); e Pack Teck (R$ 3.490) tem central multimídia Uconnect 7”, display digital de 3,5 polegadas no painel de instrumentos, alto-falantes, duas portas USB, controles de áudio no volante parcialmente em couro, câmera de ré e sensor de estacionamento).

Já para a versão Freedom o pacote Pack Teck (R$ 2.990), vem com central multimídia Uconnect 7”, alto-falantes, câmera de ré e sensor de estacionamento. A Volcano já vem de série com vidros traseiros elétricos, bancos em couro/tecido, câmera de ré, volante em couro, faróis em LED, sensor de estacionamento, capota marítima, barras longitudinais no teto e de proteção (santantônio), além dos pneus 205/60 R15 ATR. Como opcional, o cliente pode optar apenas por rodas de liga leve de 16 polegadas (pneus 205/55 R16).

Preços da linha 2021
Hard Working (carroceria antiga) – R$ 61.590
Endurance Cabine Plus 1.4 Fire – R$ 63.590
Endurance Cabine Dupla 1.4 Fire – R$ 74.990
Freedom Cabine Plus 1.3 Firefly – R$ 69.490
Freedom Cabine Dupla 1.3 Firefly – R$ 77.990
Volcano Cabine Dupla 1.3 Firefly – R$ R$ 79.990

Car Magazine Car Magazine