Car Magazine Car Magazine

Ford GT ’64 Heritage em edição limitada

A Ford abriu as reservas para o último ano de produção do modelo. O Ford GT '64 Prototype Heritage Edition é uma homenagem aos protótipos que levaram às históricas vitórias da marca em Le Mans

Car

A Ford apresentou a nova edição limitada do Ford GT, a ‘64 Prototype Heritage Edition 2022, que marca o último ano de produção do supercarro. As reservas já estão disponíveis para clientes selecionados, com produção a partir de janeiro próximo.

Essa edição é uma homenagem aos protótipos do Ford GT de 1964 que levaram às vitórias em Le Mans de 1966 a 1969 e novamente em 2016. Ele é atração da Monterey Car Week, na Califórnia, EUA, junto com o único protótipo remanescente do Ford GT de 1964 com a pintura original, o GT/105.

O carro é uma interpretação moderna desse ícone, com pintura na cor branco Wimbledon, grafismos azuis e faixa tripla no teto. Ele tem fibra de carbono exposta nas rodas de 20 polegadas, difusores dianteiro e traseiro, soleiras, hastes dos retrovisores e grade do motor. As pinças de freio Brembo são prata, com grafismo e porcas pretas.

A cabine também exibe fibra de carbono nas soleiras das portas, pilares A inferiores, console e bancos, que são revestidos em camurça Alcantara azul com costuras prateadas e o logotipo GT. O painel de instrumentos é revestido em couro preto e Alcântara azul e os pilares e o teto, em Alcântara preto.

O painel de instrumentos é revestido em couro preto e Alcântara azul e os pilares e o teto, em Alcântara preto

Cinco protótipos

Em 1963, a Ford começou a desenvolver seu próprio carro de corrida para superar a Ferrari e vencer as 24 Horas de Le Mans. Menos de um ano depois, o protótipo Ford GT (chassi GT/101) foi revelado no Salão de Nova York de 1964.

Cinco protótipos GT foram construídos – os primeiros modelos da Ford a usar análises aerodinâmicas profundas para otimizar o desempenho em alta velocidade. Eles foram a base do programa GT que dominou Le Mans nos anos 60. Dos cinco protótipos construídos, o chassi GT/105 é o único sobrevivente com as cores originais da época.

Os chassis GT/101 e GT/102 foram descartados após os testes de colisão em Le Mans e Monza. Eles foram essenciais para as melhorias introduzidas nos GT/103, GT/104 e GT/105. O GT/103 trouxe a primeira vitória em 1965, em Daytona, onde o GT/104 ficou em terceiro. Ambos foram repintados e hoje estão no Museu Shelby, no Colorado, EUA.

Essa edição é uma homenagem aos protótipos do Ford GT de 1964

 

Heritage Edition

O Ford GT ’64 Heritage Edition 2022 é o sexto modelo da atual série de produção ultralimitada Heritage Edition, que celebra os momentos marcantes e títulos em Le Mans. Ela é formada pelos modelos:

• Ford GT ’66 Daytona Heritage Edition 2021, que homenageia o Ford GT MK II nº 98, ainda em produção.

• Ford GT ’69 Gulf Livery Heritage Edition 2020, em homenagem ao Ford GT40 MK I nº 6, vencedor de Le Mans em 1969. Só 50 unidades foram construídas.

• Ford GT ’68 Gulf Livery Heritage Edition 2019, em homenagem ao Ford GT40 MK I nº 9, que venceu em Le Mans em 1968. Apenas 50 foram construídos.

• Ford GT ’67 Heritage Edition 2018, em homenagem ao Ford GT40 MK IV nº 1, vencedor de Le Mans em 1967. Apenas 39 foram construídos.

• Ford GT ’66 Heritage Edition 2017, em homenagem ao Ford GT40 MK II nº 2, que Bruce McLaren e Chris Amon pilotaram em Le Mans em 1966. Apenas 27 foram construídos.
Ford GT Gulf Livery Heritage Edition 2006, que comemorou os títulos consecutivos do GT40 em 1968 e 1969 em Le Mans. Apenas 343 foram construídos.

 

 

Car Magazine Car Magazine