Car Magazine Car Magazine

Ghibli Hybrid, o primeiro Maserati eletrificado

Ele é o primeiro veículo híbrido na história da Maserati. Idealizado sobre a plataforma do sedã Ghibli, que foi levemente repaginado, será fabricado na fábrica de Avvocato Giovanni Agnelli, em Grugliasco, Turim

Car

Com o Ghibli Hybrid, a marca do Trident entra no mundo da eletrificação. Ele representa um dos projetos mais ambiciosos da marca, e a escolha do sedã Ghibli para essa primeira experiência não é mera coincidência: o modelo já teve mais de 100 mil unidades produzidas desde o seu lançamento em 2013.

O Ghibli Hybrid pode ser imediatamente reconhecido graças ao seu visual, que foi pouco alterado em relação ao modelo com somente motor de combustão interna. E a cor azul foi a escolhida para identificar características dos carros com a tecnologia híbrida da marca. A cor destaca os três dutos de ar laterais icônicos, as pinças de freio e o raio oval que envolve o Trident no pilar traseiro. O azul também reaparece em detalhes dentro do carro.

Ele recebeu um ligeiro facelift em relação o modelo anterior

A Maserati escolheu uma solução híbrida focada principalmente em melhorar o desempenho, além de reduzir o consumo de combustível e as emissões. Como em outros modelos híbridos, a tecnologia da marca explora a energia cinética acumulada quando o carro está em movimento, para transformá-la em eletricidade durante a desaceleração e a frenagem, armazenando-a em uma bateria.

O trem de força combina um motor de combustão interna de quatro cilindros e 2,0 litros, turbo, com um alternador de 48 volts e um adicional supercharger elétrico (e-Booster), suportado por uma bateria. A solução é única em seu segmento, e é a primeira de uma nova geração de grupos motopropulsores que procura equilibrar desempenho, eficiência e prazer de dirigir. A bateria vai montada na parte traseira do carro, trazendo benefícios em termos de melhor distribuição de peso.

Com potência máxima de 330 cv e torque de 45,9 kgfm, já a apenas 1.500 rpm, os dados de desempenho do Ghibli Hybrid são muito bons: velocidade máxima de 255 km/h e aceleração de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos. Os ocupantes desse híbrido ainda poderão continuar compartilhando o som dos motores que caracterizam os modelos Maserati, graças ao escape que inclui ressonadores especialmente projetados.

Interior tipicamente Maserati, exaltando a esportividade do carro

O sedã híbrido também marca a estreia do programa Maserati Connect, que permite uma conexão constante com o carro: a troca de informações continua em movimento, para melhorar os serviços oferecidos ao motorista. Além de atualizar os pacotes de software, o sistema realiza verificações no carro e monitora os serviços de segurança em emergências.

O Ghibli Hybrid representa o primeiro passo de um plano que levará à eletrificação de todos os novos modelos da Maserati. Os primeiros carros totalmente elétricos da marca serão os novos GranTurismo e GranCabrio, programados para 2021.

Car Magazine Car Magazine