Car Magazine Car Magazine

GP da Grã-Bretanha vai para a berlinda e calendário pode mudar novamente

RaceCar

Um anúncio feito pelo governo britânico no último fim de semana fez o GP da Grã-Bretanha subir no telhado e deverá forçar a F1 a mudar novamente o calendário da temporada 2020. O circuito de Silverstone receberia o circo no dias 26 de julho.

Formalmente, o governo avisou a categoria de que seus componentes não serão isentos das regras de proteção impostas a todos os que vierem de fora dos países que formam o Reino Unido – e uma das regras é que todos os visitantes chegados a partir de 8 de junho terão de passar por 14 dias de isolamento.

Silverstone (Foto: WRI)

Por meio de um porta-voz, a categoria reclamou da não-isenção, já que houveram exceções à regra, como profissionais médicos e transportadores de carga, por exemplo. “Essa quarentena de 14 dias tornará impossível o GP da Inglaterra, pois tem impacto direto em dezenas de milhares de trabalhos ligados à F1 e seus fornecedores.”

O esquema de quarentena imposto pelo governo britânico é revisado a cada três semanas, podendo acontecer de não estar mais em vigor no fim de julho, quando aconteceria a primeira prova.

Apesar do risco de construir um evento que pode não acontecer, a F1 e Silverstone estão tentando convencer as autoridades a mudar de ideia – enqunto isso não acontece, eles já vislumbram mudar as datas das provas para agosto, com a Hungria, marcada para 2 de agosto, provavelmente ocupando a data deixada pelo GP da Inglaterra.

“Não acho que encontrar uma ou duas datas para a Fórmula 1 em agosto será um problema. O que precisamos é da luz verde do governo, o que leva tempo. Acho que a F1 é um campeonato que precisa dessa isenção de quarentena, além de ser uma enorme operação logística, que demanda planejamento de datas e transportes. Precisamos saber logo”, comentou Stuart Pringle, diretor administrativo de Silverstone.

Já prova de abertura da temporada 2020, marcada para o dia 5 de julho no circuito Red Bull Ring, na Áustria, segue de pé. Confira abaixo como está o calendário até o momento:

5 de julho – GP da Áustria
19 de julho – GP da Grã-Bretanha
2 de agosto – GP da Hungria
30 de agosto – GP da Bélgica
6 de setembro – GP da Itália
20 de setembro – GP de Cingapura
27 de setembro – GP da Rússia
11 de outubro – GP do Japão
25 de outubro – GP dos EUA
1 de novembro – GP do México
15 de novembro – GP do Brasil
29 de novembro – GP de Abu Dhabi

Car Magazine Car Magazine