Car Magazine Car Magazine

Mais atraente e equipado

Com design levemente renovado e inédita versão de entrada LX, finalmente ele recebeu controles de estabilidade e tração de série. Importante para a Honda, o WR-V representa 22% das vendas de SUV/crossovers da marca

Car

O modelo 2021 do WR-V chega ao mercado com pequenas modificações visuais e uma nova versão de acabamento, a LX, que se junta a EX e EXL. Ele também demorou para receber os controles de tração e estabilidade como itens de série, já presentes em modelos concorrentes. O WR-V estará à venda a partir de outubro com preços de: LX (R$ 83.400), EX (R$ 90.300) e EXL (R$ 94.700).

O SUV/crossover usa a mesma base do Fit, o que inclui o motor de 1,5 litro com potência de 116/115 cv e 15,3/15,2 kgfm de torque (etan./gas.), que está conectado ao câmbio automático CVT. Esse motor ainda pode ser considerado suficiente para carro, mas deixa a desejar em potência e torque, consequentemente em desempenho, para os modelos turbinados da concorrência — VW Nivus (1,0 litro e 128 cv /20,4 kgfm), Chevrolet Tracker (1,2 litro e 132 cv/21,4 kgfm) — ou até mesmo o Ford EcoSport com motor aspirado (1,5 litro e 137 cv /16,2 kgfm), que foi citado na apresentação do Honda.

Na traseira, o para-choque ficou maior e ganhou novas lanternas em LED (EX e EXL)

Ele ganhou um novo para-choque dianteiro, com maior destaque para a grade, e faróis com projetores com iluminação por LED (EX e EXL). Na traseira, o para-choque ficou maior e ganhou novas lanternas em LED (EX e EXL). Todas as versões trazem luzes diurnas de rodagem em LED.
No interior, as mudanças foram mais discretas. As versões LX e EX continuam com bancos em tecido, enquanto a EXL vem com couro. O painel recebeu atualizações nas cores aplicadas, no friso do volante e nas molduras do painel em black piano, além de detalhes cromados.

O interior recebeu poucas modificações: há novos padrões e cores para os revestimentos dos bancos

Versões e equipamentos
Desde a versão LX o WR-V vem com ar-condicionado, direção assistida eletricamente, vidros elétricos nas quatro portas e retrovisores elétricos com setas integradas. Ele traz ainda imobilizador, sistema de áudio com conexão Bluetooth e câmera de ré integrada, além de tapetes em carpete.

A EX tem ar-condicionado digital e automático touchscreen, central multimídia touchscreen de sete polegadas, com conectividade para os sistemas Apple CarPlay e Android Auto. Traz ainda o apoio de braço no console central, painel bluemeter, volante revestido em couro, controle de cruzeiro, paddle shifts, sensores de estacionamento traseiros e sistema de áudio com dois tweeters adicionais aos quatro alto-falantes.

Ele ganhou novo para-choque dianteiro e faróis com projetores com iluminação por LED (EX e EXL)

Além dos itens anteriores a versão EXL recebeu bancos revestidos em couro, navegador GPS integrado ao sistema multimídia, retrovisores eletricamente rebatíveis, sensores de estacionamento dianteiros e espelho interno fotocrômico.

A linha 2021 do WR-V marca a chegada dos controles de estabilidade e tração (VSA), assistente de partida em aclive (HSA) e alerta de frenagem emergencial (ESS) como equipamentos de série para todas as versões. Também traz sensor crepuscular e faróis com regulagem de altura do facho. A versão EX oferece airbags laterais, e a EXL traz seis airbags, com a adição dos laterais do tipo cortina.

Car Magazine Car Magazine