Car Magazine Car Magazine

O mistério do diamante perdido no GP de Mônaco

Quando uma ação de marketing inovadora e com todo o requinte que o Principado merece se transforma em um grande desastre.

RaceCar

A história é notória. Hoje nós a recordamos e refletimos: que imbecil colocaria um diamante de 300 mil dólares no bico de um carro de F1, ainda mais no de um estreante que nunca havia andado ali?

Bem, acreditem, acharam que seria uma boa idéia na época.

Como Mônaco era (e ainda é) o lugar mais importante na parte promocional e de relacionamento na F1, alguma alma genial decidiu promover o lançamento do filme “Doze Homens e Um Segredo” da forma mais idiota possível.

Não tinha como alguém pensar que isso daria certo.

Mesmo tendo conquistado um título dominante na F3 europeia no ano anterior, Christian Klien ainda era, por que não assim dizer, um baita cabação na F1 naquele maio de 2004. E largaria para lá do Deus me livre em uma pista onde bater era a coisa mais fácil.

Até a largada tudo era uma festa. George Clooney e Brad Pitt encantavam as mocinhas, altas gatas rodeavam o Jaguar verde e, por conta da ação, vermelho, com um diamante fornecido pela Steinmetz.

Mark Webber (foto acima) também carregou um diamante igual em seu carro. Uma loucura igual, só que com menos chances de dar cagada – ele teve um problema de câmbio quando era oitavo e devolveu o diamante inteiro.

Eis que chega a corrida. Klien, caprichosamente, enfiou o bico de seu carro na proteção de pneus da Loews!

Não podia dar mais errado, né? Você que pensa.

A complicação foi ainda pior: depois da batida, a Jaguar não teve autorização de ir até o local procurar o diamante até se passarem DUAS HORAS E MEIA do fim da corrida!

O resultado: cadê diamante?

Sumiu.

Na época, o site inglês Crash.net (o qual fazia a versão em português na parceria com o finado Formulanews) publicou uma lista com possíveis nomes que teriam raptado o diamante. Eu recuperei ela para vocês:

Ex-chefes de equipe Jaguar
Lista muito grande para ser publicada.

Chefes de equipe rivais que necessitam de dinheiro
Onde exatamente foram parar Eddie Jordan e Paul Stoddart?

Eddie Irvine
Era procurado pela polícia britânica por infrações de trânsito. Tem conhecimento interno da equipe Jaguar. A vida de um contrabandista de diamantes internacional seria bem adequado para o antigo Playboy da F1.

George Clooney
Bem escolado nas formas de crime de sua formação Hollywood. Em mais de uma ocasião esteve envolvido em roubos de diamantes. Se ele roubou, sua experiência neste campo irá garantir que ele está agora bem longe de nosso alcance.

Brad Pitt
Envolvido com o crime ao lado de Clooney. Claro que Jennifer Aniston adoraria uma joia nova.

Imprensa e fotógrafos
Pouco provável que este grupo de cidadãos cumpridores honestos e lei teriam algo a ver com isso …

Sabe alguma coisa sobre o roubo?

Você viu Tom Walkinshaw com uma chave de roda perto de destroços de algum carro de F1?

Será que foi você quem pegou?

Voltando aos dias de hoje: até o fechamento desta edição ninguém sabe ainda.

Mas sabe mesmo qual foi a sorte? Foi o filme ter rendido quase 363 milhões nas bilheterias. Tirando os gastos do filme que foram de 110 milhões, sobraram 263 milhões, o que ajudou os promotores do longa a pagar o diamante perdido. E a nunca mais terem ideias idiotas como esta novamente.

Car Magazine Car Magazine