Car Magazine Car Magazine

Outlander Sport, um ASX reinventado

Com uma nova frente o ASX é rebatizado de Outlander Sport e ganha três versões. O ASX antigo continua em linha, agora como modelo de entrada

Car

Disponível nas versões GLS 2WD (R$ 119.990), HPE 2WD (R$ 132.990) e HPE AWD (R4 138.990), o Outlander Sport nada mais é que um ASX com novo design da dianteira. O crossover recebeu a mesma identidade visual Advanced Dynamic Shield que caracteriza o Eclipse Cross e o recém-chegado Pajero Sport, com faróis mais afilados, duas barras largas na grade e luzes de neblina verticais. As lanternas traseiras são fumês e as rodas com aro de 18” têm acabamento diamantado.

Internamente, ele vem com o sistema de entretenimento da JBL, compatível com Apple CarPlay e Google Android Auto, e central multimídia que traz tela sete polegadas. Na versão de topo HPE AWD, a tela tem nove polegadas.

As lanternas traseiras são fumês e as rodas com aro de 18” têm acabamento diamantado

Desde a versão de entrada GLS há direção elétrica, ar-condicionado automático, duplo airbag frontal, controles eletrônicos de estabilidade e de tração, freios a disco nas quatro rodas, distribuidor eletrônico de frenagem (EBD), assistente de emergência (BAS), Brake Override System (BOS), assistente de saída em rampas (Hill Start Assist System – HSA), sistema de monitoramento da pressão dos pneus (TPMS) e câmera de ré.

Nas versões HPE foi acrescentada a chave presencial, bancos em couro (com opção bicolor nas cores preto e bege), aquecimento dos assentos dianteiros, ajustes elétricos para o banco do motorista, grade frontal prateada com acabamento em preto brilhante, sensores de chuva e crepuscular, airbags frontais, laterais, de cortina e para os joelhos do motorista e retrovisores com rebatimento elétrico, luzes de seta integradas e desembaçador.

A frente tem a mesma identidade visual do Eclipse Cross e Pajero Sport

A motorização é única para todas as versões, inclusive para a ASX, que virou modelo de entrada. Trata-se do 2,0 litros de quatro cilindros com bloco em alumínio, duplo comando de válvulas com abertura e fechamento variáveis na admissão e no escape. Ele desenvolve 170 cv de potência com etanol e 160 cv com gasolina a 6.000 rotações. O torque é de 23 kgfm com etanol, e de 22 kgfm com gasolina, sempre a 4.250 rpm. O câmbio é o CVT com INVECS-III, e para as situações de maior esportividade, há o Sport Mode que simula seis marchas e permite trocas manuais por meio dos paddle-shifters no volante.

Ele conta com três modos de condução: 2WD (tração nas rodas dianteiras), 4WD Auto (modo padrão que controla automaticamente a distribuição de torque para as 4 rodas) e 4WD Lock (para quando o veículo trafegar por vias de areia, terra ou neve).

Car Magazine Car Magazine