Car Magazine Car Magazine

Preço, talvez o melhor argumento

Por causa do isolamento social ainda não andamos no novo SUV da Chevrolet, mas ele tem qualidades e bom preço

Car

O impacto da crise fez com que a GM tivesse o lançamento do novo Tracker, seu principal lançamento no ano, reduzido a uma apresentação por streaming de vídeo, invés do tradicional evento presencial. Mas foi um trabalho bem feito, que supriu bem as necessidades dos participantes.

Independente do bom resultado visual produzido pelo design da marca, a GM continua com uma boa política de preços, o que vem sendo praticado também com o Onix e Onix Plus. O Tracker chega com duas opções de motorização turbo (1,0 e 1,2 litro), duas opções de transmissão de seis marchas (manual e automática) e quatro opções de acabamento (versão de entrada, LT, LTZ e Premier).

Os preços vão de R$ 82.000 a R$ 112.000, e os motores, ambos tricilindrico, têm potências de 116 cv/16,8 kgfm (o mesmo do Onix) a 132 cv/21,4 kgfm respectivamente. As duas novas motorizações têm menor potência e torque que a da versão que saiu de linha.

O modelo cresceu no comprimento (12 mm) e na largura (15 mm), mas a altura foi ligeiramente reduzida. Os ocupantes traseiros foram beneficiados pelo aumento das dimensões, principalmente para a área das pernas (+ 74 mm), ombros (+ 46 mm) e cabeça (+ 19 mm), além dos assentos serem do tipo anfiteatro, ou seja, quem viajam atrás se senta em um patamar mais elevado. Janelas extras laterais e a opção do teto-solar panorâmico ampliam a área envidraçada do carro em até 15%. Outra evolução está no compartimento de bagagem 30% maior, que agora se aproxima dos 400 litros de capacidade.

As maiores dimensões externas combinadas com o entre-eixos 15 mm maior refletiram em maior aproveitamento do espaço interno. No quadro de instrumentos, velocímetro e o conta-giros contam com grafismos exclusivos e ponteiros iluminados por LEDS. No meio há a tela de TFT colorida, que exibe o nível de combustível e o visor do computador de bordo com até 14 funções, entre elas o indicador de distância do veículo à frente, o monitoramento da pressão dos pneus e o percentual da vida útil do óleo. A tela central de LCD de oito polegadas, tipo pedestal, fica levemente inclinada para facilitar o acesso aos comandos.

Chevrolet Tracker Premier

Os faróis, que trazem luzes de condução diurna, são Full LED e seus projetores para luz baixa e alta têm poder de iluminação de duas a três vezes maior que sistemas tradicionais e sistema de luz auxiliar lateral que amplia em 11% a área iluminada em manobras e curvas. Na versão Premier existem LEDs também nas lanternas traseiras, agora bipartidas.

Em termos de segurança, o modelo conta agora conta maior percentual de aços de alta seis airbags, controle eletrônico de estabilidade e assistente em partida em rampa de série em toda as versões. Outra novidade é a opção do sistema de alerta de colisão com sistema de frenagem autônoma em caso de emergência para mitigar ou mesmo evitar acidentes. O pacote de segurança do SUV ainda oferece alerta de ponto cego, sensores de estacionamento dianteiros, traseiros e laterais com indicação gráfica no computador de bordo e câmera de ré com linhas guias. Ele também vem com o assistente de estacionamento semiautônomo para vagas paralelas e perpendiculares, sensores de chuva e crepuscular e ar-condicionado digital.

Novo Chevrolet Tracker Premier 2021

O novo modelo estreia com uma nova família de Por causa do isolamento social ainda não andamos no novo SUV da Chevrolet, mas ele tem qualidades e bom preçomotores turbo que, de acordo com a fabricante, o deixaram até 17% mais econômico. Na configuração de entrada, com transmissão manual, ele obteve médias até 14,8 km/l (G) e 10,4 km/l (E) em perímetro rodoviário e até 13 km/l (G) e 9 km/l (E) em trechos urbanos. Com transmissão automática as médias de consumo passaram para 13,7 km/l (G) 9,6 km/l (E) e 11,9 km/l (G) e 8,2 km/l (E), respectivamente. Já o modelo 1.2T percorre, na estrada, médias de 13,5 km/l (G) e 9,4 km/l (E). Na cidade, os números passam para 11,2 km/l (G) e 7,7 km/l (E).

O Tracker é o primeiro em sua categoria a oferecer Wi-Fi embarcado, ou seja, ele faz parte da arquitetura eletrônica do veículo, permitindo atualizações remotas como já acontece com smartphones. Outro destaque é a antena amplificada do veículo, que proporciona intensidade de sinal até 12 vezes superior em deslocamentos. O Wi-Fi da Chevrolet é uma parceria exclusiva com a Claro. Além dos 3 GB ou três meses de cortesia para experimentação, o cliente poderá adquirir futuramente planos de dados adicionais de 2 GB até 20 GB/mês.

Outra novidade é a possibilidade de pareamento simultâneo de até dois celulares por Bluetooth. O multimídia é compatível com os sistemas Android Auto e Apple CarPay para projeção de aplicativos, incluindo os principais de trânsito online e os de troca de mensagens, como o Whatsapp. Para evitar distrações, há comandos por voz. Carregador sem fio para smartphones e duas saídas USB traseiras completam o pacote de conectividade ­do Novo Tracker.

Car Magazine Car Magazine