Car Magazine Car Magazine

Preview: GP da Inglaterra

Após o compacto Red Bull Ring e o apertado Hungaroring, o espaçoso Silverstone promete um desafio bem diferente a todos os pilotos do grid.

RaceCar

Após uma inédita rodada tripla de abertura na Áustria e na Hungria, a Fórmula 1 dá sequência na temporada 2020 com mais um conjunto de provas acontecendo no espaço de duas semanas na Inglaterra, realizando o GP da Inglaterra e o GP especial F1 70 anos no autódromo de Silverstone, que recebeu a primeira prova da categoria em 12 de maio de 1950.

Tendo enfrentado o compacto e ondulado Red Bull Ring e o apertado e travado Hungaroring, o espaçoso Silverstone promete um desafio bem diferente a todos os pilotos do grid. Sendo um dos últimos circuitos raiz do grid, a pista rápida e fluída localizada em Northamptonshire é uma das favoritas dos pilotos por causa de curvas icônicas como Copse, Maggots, Becketts e Chapel, que se mostram um teste de nervos e habilidade emocionante caso alguém queira tentar fazer a volta perfeita sem erros.

No entanto, Silverstone não é só sobre alta velocidade: a nova seção Arena, que completa dez anos de sua criação em 2002, possui uma sequência de curvas lentas e extremamente técnicas, principalmente as que antecedem a longa reta oposta (Village, The Loop e Aintree). Isso sem contar também o trecho clássico formado por Brooklands e Luffield, que antecedem a lendária Woodcote, e a chicane que abre a curva Club, onde Ayrton Senna abandonou caprichosamente por vezes seguidas nos anos 90.

Recapeado no ano passado, o asfalto de Silverstone deixou de ter a reputação deser extremamente abrasivo e, para este ano, a Pirelli resolveu dar uma apimentada nas duas corridas em sequência, escolhendo compostos diferentes para cada GP. Neste fim de semana, a fabricante italiana optou pelo conservadorismo e levará os pneus mais duradouros (C1, C2 e C3); para o próximo, ela dará um passo nessa escala, levando os compostos C2, C3 e C4. Ou seja: se a corrida deste domingo for bacana, aperte os cintos para a próxima.

Herói local, Lewis Hamilton chega ao seu GP de casa como líder do campeonato. Vencedor da prova em seis oportunidades, Hamilton vem de um triunfo dominante na Hungria e 63 pontos na tabela, cinco a mais que Valtteri Bottas. Com pódios consecutivos nas últimas duas provas, Max Verstappen é o terceiro na tabela, mas 25 pontos distantes de Bottas. Entre as equipes, a Mercedes lidera com 121, contra 66 da Red Bull e 41 da McLaren.

A grande polêmica do fim de semana é o fato de a F1 ser assombrada definitivamente pela COVID-19 mesmo tomando todos os cuidados possíveis: diagnosticado com a doença, Sérgio Pérez está fora das próximas duas corridas, no mínimo. E a torcida é que ele se restabeleça completamente.

DADOS DO CIRCUITO

Extensão da volta: 5.891 m
Recorde de volta: 1:27.369, Lewis Hamilton, 2019
Número de voltas: 52
Distância total da corrida: 306,198 km

Não houveram mudanças significativas de 2019 para 2020.

ZONAS DE DRS

Assim como no ano passado, teremos duas zonas de DRS em Silverstone. A primeira tem seu ponto de detecção 25 metros antes da curva 3 (Vollage), com a ativação 30 metros após a curva 5 (Aintree). O segundo ponto de detecção é na curva 11 (Maggotts), com a ativação na saída da 14 (Chapel).

F1

COMISSÁRIOS DO GP DA INGLATERRA

– Tim Mayer: filho de Teddy Mayer, um dos fundadores da McLaren, e responsável por eventos FIA nos EUA.

– Paolo Longoni: membro da Comissão Italiana de Automobilismo (CSAI), com 30 anos de experiência.

– Emanuele Pirro: ex-piloto de F1 e pentacampeão das 24 Horas de Le Mans; integrante da Comissão de Pilotos da FIA.

– Steve Stringwell: comissário local, na ativa desde 1986.

PROGRAMAÇÃO E TRANSMISSÕES

(Horários de Brasília)

Treino Livre 1: sexta, 7h – SporTV2, sportvplay.com
Treino Livre 2: sexta, 11h – SporTV2, sportvplay.com
Treino Livre 3: sábado, 7h – SporTV2, sportvplay.com
Q1: sábado, 10h – SporTV2, sportvplay.com
Q2: sábado, 10h25 – SporTV2, sportvplay.com
Q3: sábado, 10h48 – SporTV2, sportvplay.com
Corrida: domingo, 10h10 – Globo, Globoplay.com, globoesporte.com, Radio BandNews FM

PONTUAÇÃO APÓS TRÊS ETAPAS

PILOTOS
1. Lewis Hamilton, 63
2. Valtteri Bottas, 58
3. Max Verstappen, 33
4. Lando Norris, 26
5. Alexander Albon, 22
6. Sergio Perez, 22
7. Charles Leclerc, 18
8, Lance Stroll, 18
9. Carlos Sainz, 15
10. Sebastian Vettel, 9
11. Daniel Ricciardo, 8
12. Pierre Gasly, 6
13. Esteban Ocon, 4
14. Antonio Giovinazzi, 2
15. Daniil Kvyat, 1

EQUIPES
1. Mercedes, 121
2. Red Bull, 55
3. McLaren, 41
4. Racing Point, 40
5. Ferrari, 27
6. Renault, 12
7. Alpha Tauri, 7
8. Alfa Romeo, 2
9. Haas, 1

Car Magazine Car Magazine