Car Magazine Car Magazine

Sertões 2020 vai de SP ao MA medindo forças entre os pilotos e ajudando quem precisa

RaceCar

Chegou a hora de avançar Brasil adentro e levar ajuda a quem mais precisa. A caravana do Sertões, o maior rally das Américas, encara neste sábado a primeira das sete etapas, que termina em Barreirinhas (MA), dia 7/11. Do Autódromo Velocitta em Mogi Guaçu, os competidores das motos, quadriciclos, carros e UTVs encaram um percurso de 585 quilômetros, sendo 205km contra o relógio, que marca a 1a. etapa da prova. Pelo caminho, belas paisagens, mas também os primeiros desafios. A organização promete um dia de muita técnica e navegação, um verdadeiro teste para pilotos e navegadores.

Se depender do aperitivo, a disputa promete ser de arrepiar. As máquinas deram show no prólogo que determinou a ordem de largada para a especial deste sábado. Num percurso travado, de 4.730 metros, com saltos e curvas fechadas, a briga pela vantagem de abrir o trecho foi definida por poucos segundos. Mesmo com quase cinco mil quilômetros de prova pela frente, os pilotos não pouparam o equipamento e levantaram poeira.

Nas motos, Ricardo Martins (Yamaha WR 450F/IMS Yamaha) foi o mais rápido, com 4min27. O atual campeão dos Quads, o maranhense Marcelo Medeiros, se “intrometeu” entre as motos, cravando o segundo melhor tempo na classificação com seu quadriciclo Yamaha YFM700R. Estreando sobre a Honda CRF 450 RX da equipe oficial, Júlio Zavatti, o Bissinho, veio em seguida. O atual campeão, Tunico Maciel (Honda CRF 450 RX) parte s 6ª posição.

Sobre quatro rodas, apenas dois segundos separaram os vitoriosos nos UTVs – Deninho Casarini/Ivo Mayer (Can-Am X3) de Rodrigo Varela/Gunnar Dums (Can-Am X3), que ficaram com o segundo lugar. A dupla atual campeão, Denisio Nascimento/Idali Bosse (Can-Am X3), parte

Diferença ainda menor entre os primeiros nos carros. Cristian Baumgart/Beco Andreotti estreando a Toyota Hilux IMA/X Rally em terras brasileiras foram os melhores, com 4min13. Um segundo mais rápido do que os atuais campeões Lucas Moraes/Kaíque Bentivoglio (Ford Ranger V8/MEM). Logo em seguida, a três segundos dos vencedores, o maior vencedor entre os carros, Guiga Spinelli/Youssef Haddad (Mitsubishi Triton SR/Spinelli Racing).

 

O que eles disseram

Deninho Casarini, UTV

“No prólogo a gente sempre anda rápido, mas com uma margem de segurança. Podia ter sido mais rápido, mas ainda assim ficamos com o primeiro lugar. Agora na especial é tentar fugir de quem larga atrás de nós e, de preferência, não receber nenhum pedido de ultrapassagem. É primeiro dia ainda, não é hora de judiar do carro, mas começar a sentir a prova e entendê-la. São pelo menos 12 candidatos à vitória e tem muito rally pela frente”.

Cristian Baumgart, Carros

“Eu não sou um piloto que gosta tanto de largar na frente mas, como é meu aniversário, resolvi me dar essa sensação de presente. Estou feliz com o desempenho, o rally começou, vamos nos divertir. Nesse primeiro dia serei o alvo”.

Lucas Moraes, Carros

“Foi um ótimo prólogo, estamos numa excelente posição de largada. Terei o Cristian na frente e o Guiga largando logo atrás, teremos uma ideia boa do nosso ritmo. Primeiro dia com o pé direito para mim”.

Guiga Spinelli, Carros

“Resultado bom. As duplas que largam à nossa frente são rápidas e, com isso, um carro não deve alcançar o outro. E não sendo os primeiros nós teremos algumas referências deles. O rally começa de verdade agora. Foi muito bom receber o Sertões no Velocitta, agora é rumo a Barreirinhas”.

Júlio Zavatti, o Bissinho, Moto

“Eu estava na expectativa de começar o Sertões, o prólogo tirou essa tensão que a gente fica. Foi um trecho legal, deu para sentir bem a moto. Me adaptei muito bem a ela e isso me dá tranquilidade para a etapa de amanhã. Torço para não pegarmos chuva, o que dá mais segurança. Espero uma especial travada, com bastante pedra”.

Ricardo Martins, Moto

“Será só o primeiro dia de rally, mas o objetivo é tentar dar o máximo e ter uma etapa limpa, sem queda. Muito bom vencer o prólogo, o piso estava bastante escorregadio, mas a especial foi bastante interessante”.

Car Magazine Car Magazine