Car Magazine Car Magazine

Valhalla: um híbrido com 950 cv

A Aston Martin deu um passo à frente com o carro-conceito Valhalla, que ampliará o portfólio da marca e estabelecer novos padrões para a categoria em desempenho, comportamento dinâmico e prazer de dirigir

Car

O Valhalla é o primeiro supercarro de motor central de produção da empresa, o que demonstra o compromisso da Aston Martin de construir uma linha de carros com excepcional desempenho. Construído com chassi, aerodinâmica e eletrônica forjados na Fórmula 1, e tecnologia de trem de força híbrido de ponta, o Valhalla representa uma grande vitrine tecnológica.

O Valhalla anuncia uma nova definição da marca. Com trem de força híbrido, nova estrutura de fibra de carbono e ótima aerodinâmica, o Valhalla trará o equilíbrio entre desempenho, trem de força avançado, dinâmica de condução e materiais sofisticados exclusivos. O Valhalla tem trem de força PHEV (Plug-in Hybrid Electric Vehicle) com três motores, sendo que o principal deles é um V8 biturbo de quatro litros montado na parte central traseira. Trata-se do V8 mais avançado e de melhor desempenho já instalado em um Aston Martin. Com rotações de até 7.200 rpm e desenvolvendo 750 cv, ele envia tração exclusivamente para o eixo traseiro. O som que sai do sistema de escapamento tem som ajustável e autenticamente Aston Martin.

O Valhalla foi construído com um novo chassi de fibra de carbono, para máxima rigidez e mínimo peso

Em complementação a esse V8 foi adicionado um sistema híbrido de bateria de 150 kW/400 V que utiliza um par de motores elétricos que vão montados sobre os eixos dianteiro e traseiro. O sistema elétrico contribui com mais 204 cv para uma entrega de potência combinada de 950 cv. Quando conduzido no modo EV, a energia da bateria é direcionada exclusivamente para o eixo dianteiro. Em outros modos de condução, a energia da bateria é dividida entre os eixos dianteiro e traseiro e a porcentagem enviada para cada eixo varia constantemente, de acordo com as demandas de direção. Em certas situações, 100% da energia da bateria pode ser enviada para o eixo traseiro, complementando a força total do ICE V8 para desempenho máximo.

O câmbio de oito marchas é automatizado com dupla embreagem e foi projetado e construído com exclusividade para a Aston Martin e, para a marcha à ré, utiliza somente os motores elétricos. Rodando no modo somente elétrico (EV), o Valhalla será capaz de atingir uma velocidade máxima de 130 km/h e ter 15 km de autonomia. Liberando todos os 950 cv, o Valhalla alcançará velocidade máxima de 330 km/h e fará de 0 a 100 km/h em aproximadamente 2,5 segundos. A previsão é a de que ele seja capaz de percorrer uma volta em Nürburgring Nordschleife com o tempo de 6min30s.

A 241 km/h, as superfícies aerodinâmicas do Valhalla geram impressionantes 600 kg de downforce

Em termos de estrutura o Valhalla foi construído com um novo chassi de fibra de carbono, para máxima rigidez e mínimo peso, e a suspensão dianteira é com molas e amortecedores montados na parte interna, reduzindo a massa não suspensa. Na traseira, ele recebeu um conjunto multilink com molas de ajuste variável (Multimatic Variable Spring) e amortecedores adaptativos (Adaptive Spool Valve, ASV) com frequência de deslocamento ajustável. Os freios são carbocerâmicos e as rodas, calçadas com pneus Michelin, têm 20 polegadas na frente e 21 na traseira.

 

Car Magazine Car Magazine